People marketing: o segredo das suas vendas



Não é mais novidade que um dos segredos do sucesso está em enxergar o indivíduo que compõe o seu cliente e que por isso, mais do que uma base de contatos, é preciso construir uma base de pessoas.

O people marketing significa justamente isso: saber com quem se está falando para potencializar sua capacidade de vendas, gastando menos para atingir quem realmente irá converter. A metodologia é focada em identificar quem não está preparado para converter imediatamente com a sua marca e criar um relacionamento orgânico de longo prazo através de interações humanizadas e multicanais.

Sua diferença para outras estratégias como Inbound Marketing e Outbound Marketing está no seu objetivo que não é na captação, mas sim na manutenção de pessoas que já se interessaram por um determinado produto ou serviço. Aplicado ao mundo da venda de seguros, é pensar quem quer apenas manter o pacote já contratado, quem teve mudanças cotidianas que podem levar à outras aquisições (um filho, uma promoção...) e nutrir com o conteúdo e abordagem de forma correta.

A jornada completa que envolve a metodologia do people marketing passa por quatro fases, confira a seguir como adequar-se a cada uma delas:

- Identifique seus clientes: caso você ainda não tenha dados completos da sua cartela de clientes, é hora de colocar mãos à obra: comece captando (ou conferindo) nome, e-mail, rede social, sexo, faixa etária e cidade de cada um. Além disso, dá para personalizar conforme sua necessidade, assim fica mais fácil a customização do contato e mensagens de marketing.

- Engaje seus clientes: como já dito anteriormente, no people marketing o foco é conversar. Por isso, planeje suas ações do ano todo com foco no que irá causar a interação do cliente. É uma dica de segurança? Um alerta sobre a importância da manutenção do carro?

- Converta: com uma conversa já estabelecida e uma base de dados sólida, é chegada a hora de bater a meta. No entanto, caso se sua base de leads não cresce de forma saudável e qualificada, é hora de olhar com mais atenção para essa métrica. Analise o comportamento da jornada de negócio com esses clientes e invista em visitas e mensagens customizadas de acordo com o nível de engajamento de cada um e com as categorias e produtos com as quais interagiu.

Dessa forma, você consegue prever com mais precisão o comportamento dos consumidores em vez de apenas olhar no espelho retrovisor com análises de dados históricos.

- Retenha a clientela: quando uma compra termina? Sua resposta pode até ser “quando o cliente assina o contrato”. Mas, para o cliente, esse é só o começo. A sensação de segurança é o ponto de partida. Por isso, é fundamental aproveitar esse momento de engajamento com a marca para fazer com que esse cliente se relacione com sua marca e compre outras vezes – já parou para pensar como um produto cruzado pode ser oferecido?

Para isso, continue monitorando o comportamento da sua base e envie mensagens periódicas que façam sentido, seja para incentivar a descoberta de novas possibilidades, para renovação de serviços ou para continuar o relacionamento até que ele esteja pronto para a próxima compra. E não é para mandar aquele e-mail marketing genérico, viu? É enviar conteúdo relevante.

Uma das formas de se posicionar estrategicamente e de forma personalizada ao seu cliente está no uso de ferramentas que auxiliem você na busca por agilidade e efetividade em seus processos. Nós contamos com as melhores soluções de TI para o mercado de corretores de seguro. Entre em contato hoje mesmo.

materiais em destaque

Blog

Inteligência emocional em favor do seu negócio

Vivemos dias em que os dias de concorrência cada vez mais acirrada on... Continuar Lendo

Blog

Infocap no 11º Fórum de Debates de MG e Parceria com o Sincor-MG

No dia 18 de outubro a Infocap esteve presente no 11º Fórum de Debate... Continuar Lendo

Blog

5 técnicas que podem auxiliá-lo a vender mais

Não é novidade que estamos sendo bombardeados diariamente com mudanças: tecno... Continuar Lendo

OPS!